Publicado por: Ricardo Shimosakai | 27/08/2011

A arte de sentir. Mestrado de Acessibilidade apoia exposição de maquetes táteis.


O Instituto AME realiza, em parceria com a Secretaria da Justiça e Direitos Humanos, a exposição A Arte de Sentir – Maquetes Táteis, que abre para o público no dia 16 de agosto, no Átrio do Bourbon Shopping Country (Av. Túlio de Rosa, 100, Porto Alegre). A partir de um projeto integrado que reúne arte, design, arquitetura e comunicação, e com o uso de materiais multisensoriais e interativos, a mostra traz uma nova forma de exposição de maquetes, tornando essa expressão artística acessível e tangível a todos. A mostra abre para convidados no dia 15, às 19h30min, e pode ser visitada até 31 de agosto, das 11h às 21h.

Em uma área com cerca de 60m², o público poderá conferir maquetes de ambientes como dormitório, banheiro, cozinha, sala, área externa, escadas e rampas. A intenção é disseminar a informação sobre questões de acessibilidade para que a população em geral – portadora ou não de necessidades especiais – possa conhecer melhor esses recursos e sua importância na sociedade. As maquetes que integram a mostra são produzidas por Dayse Tarricone, formada em Desenho Industrial na Universidade Mackenzie e especializada no projeto e execução de maquetes táteis e jogos sensoriais.

A Universidade Feevale, através do Mestrado de Acessibilidade e Inclusão Social, participou de todo o processo de elaboração da exposição, oferecendo apoio técnico em relação à acessibilidade do local, a Instituição também auxiliou desenvolvendo todos os materiais gráficos de divulgação da exposição, através do curso de Design. Durante os 16 dias de evento, cerca de 20 alunos de graduação e pós-graduação auxiliarão os visitantes como monitores.

Segundo Noara Tubino, curadora, “com esse novo olhar proposto pela exposição, colocamos em prática o exercício da cidadania através da sensibilização no sentido de conscientizar a sociedade. Oferecemos possibilidades práticas que podem colaborar para o desenvolvimento intelectual e sensorial das pessoas com deficiência, aumentando a sua capacidade de relacionamento com o meio cultural e social, além de informar a sociedade desfazendo mitos e barreiras”.

Programação

Várias atividades, como visitas e palestras, complementam a exposição. Estão programadas ações educativas com mediadores, que escolas e instituições podem agendar em dois horários, das 10h às 11h30min, e das 14h às 16h30min, e miniciclos de palestras na Livraria Cultura nos dias 19 e 25 de agosto, das 19h30min às 21h. Entre os temas das palestras estão: Um Projeto Acessível (curso de Arquitetura da Feevale e arquitetos da Liquens); Um Novo Olhar da Arte, Sustentabilidade e Inclusão (Instituto AME); Inovação e Pesquisa em Inclusão (Universidade Feevale); Acessibilidade, esse é o nosso caminho (AndaLuz); Políticas Públicas para a Acessibilidade no RS (Secretaria da Justiça e Direitos Humanos). Todas as atividades são gratuitas. Informações pelo telefone (51) 3233.0105 ou pelo email institutoame@gmail.com

Fonte: Ecocultural


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: