Publicado por: Ricardo Shimosakai | 22/12/2011

Deficientes físicos ostomizados organizam o Ostoturismo com sucesso


O Decreto N° 5.296 de 2 de Dezembro de 2004 descreve a pessoa portadora de deficiência, aquela que possui limitação ou incapacidade para o desempenho de atividade, conceitua a deficiência física como alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, incluído os ostomizados dentro dessa categoria.

Do dia 16 ao dia 21 de Março, na cidade de Caldas Novas/GO ocorreu o I Ostoturismo organizado por Sionéia Magali de São Jose do rio Preto-SP, foi um encontro onde reuniu aproximadamente 40 pessoas, dentre elas ostomizados, amigos e familiares com um objetivo único, o Turismo Social.

Com representação de 04 (quatro) estados MG, SP, GO, e MT foram dias de festas, amizades, e descontrações. Como diz a música, “viver é não ter vergonha de ser feliz”, foram poucos dias pra tanta vontade, desfrutamos de um jantar à comida Portuguesa, Chá com arte, visita ao lindo Jardim Japonês, fabrica de soja, visita a ilustre cachaçaria goiana, Teatro Puro Brasileiro, e o inesquecível show de Arildo (Dupla Adilson&Arildo) um dos participantes ostomizado de Piumhi/MG.

No desejo de reencontrar velhos amigos, onde foram sentidas faltas das figurinhas carimbadas, e com as expectativas de fazer novas, cogitou-se a possibilidade de novos encontros turísticos para o futuro. Então foi organizado o segundo Ostoturismo, que será realizado no SESC Pantanal, em Várzea Grande no estado do Mato Grosso, no período de 6 a 10 de junho de 2012. Informações e reservas devem ser feitas através do email ch_im_amaral@hotmail.com ou pelos telefones (65) 8405-7310 com Antônio ou (17) 9140-5997 com Sionéia.

A ostomia é uma cirurgia para construção de um novo trajeto para saída das fezes ou da urina. Essa intervenção cirúrgica pode ser usada para criar uma abertura de eliminação das fezes, chama de ostomia digestiva, ou da urina, conhecida como ostomia urinária.

A abertura feita na parede abdominal é a ostoma e torna-se necessária quando o paciente sofre alguma perfuração no abdômen ou em casos de câncer no reto, intestino grosso ou na bexiga. Ferimentos ou anormalidades congênitas que impedem o funcionamento normal da bexiga também tornam necessária a realização de uma ostomia urinária.

Como essa abertura não pode ser controlada voluntariamente, pacientes ostomizados precisam utilizar uma bolsa que recolhe o conteúdo eliminado. Isso faz com que o indivíduo precise se adaptar à nova condição, mas com a ajuda de profissionais especializados e tomando os cuidados necessários, em pouco tempo o paciente volta a levar uma vida normal.

Fonte: Amostomia


Responses

  1. Oláaaaaa,
    Maravilhosos esses eventos, isso dignifica e amplia cada vez mais os horizontes de nós com necessidades especiais, melhorando assim nossa qualidade de vida, a cada aprovação de Leis e Projetos, vai formando uma soociedade quantitativa de valores pelo bem comum. Parabéns á todos , que de alguma forma colaboram para que tudo isso se torne uma realidade!
    Quero desejar á todos um Lindo e Feliz Natal com muitas bençãos e que o Ano de 2012 além de muita saúde nos traga muitas realizações!!!
    Um grande beijo!

    • Alguns tipos de deficiência ou necessidades especiais são esquecidos. Ostomizados, pessoas com baixa estatura, aqueles que necessitam realizar hemodiálises, são alguns exemplos. Já vi iniciativas de viagens desses grupos de pessoas, e tenho pensado em como melhorar isso ainda mais. O turismo tem que ser para todos!


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: