Publicado por: Ricardo Shimosakai | 20/02/2012

O Instituto de Mobilidade e Transportes Terrestres (IMTT) lança o Prêmio Acessibilidade aos Transportes


O Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P. (IMTT, I.P.) lançou a 2ª edição do “Prémio Acessibilidade aos Transportes 2011-2012”, com o objetivo de distinguir projetos que permitam aos cidadãos com mobilidade condicionada uma maior acessibilidade aos transportes públicos.

Este Prémio pretende distinguir medidas e ações que se destaquem positivamente pela acessibilidade proporcionada e integração de soluções inovadoras direcionadas à efetiva eliminação de barreiras para os cidadãos com necessidades especiais e mobilidade condicionada, premiando as boas práticas e promovendo a sua divulgação.

Está prevista a distinção dos três primeiros classificados, através da atribuição de um prémio de valor pecuniário, selecionados a partir da avaliação dos projetos apresentados. Esta avaliação será conduzida por um júri composto pelo IMTT, I.P. e pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P. e por uma Comissão Técnica, de que farão parte as seguintes entidades:

– Associação dos Cegos Amblíopes de Portugal (ACAPO);
– Associação Portuguesa de Deficientes (APD);
– Associação Portuguesa de Deficientes das Forças Armadas (ADFA);
– Sociedade Portuguesa da Engenharia da Reabilitação e da Acessibilidade (Supera);
– Centro Português de Design (CPD).

As candidaturas ao “Prémio Acessibilidade aos Transportes 2011-2012”  encontram-se abertas até ao dia 24 de fevereiro de 2012, para projetos cujas obras tenham sido concluídas de 1 de janeiro de 2010 até 31 de dezembro de 2011.

Na primeira edição, após análise das sete candidaturas admitidas, o Júri decidiu, por unanimidade, atribuir os seguintes prémios:

1.º Classificado: Projecto «Rede de Acesso Fácil» da STCP – Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, S.A. , com prémio no valor de 25.000 euros, entregue pelo Secretário de Estado dos Transportes, Carlos Correia da Fonseca. Destaque pela visão abrangente e global mostrada por este projecto e pela empresa em geral na melhoria do acesso à sua rede de transportes públicos, com intervenção em áreas diversas: veículos, informação, serviço, paragens, etc., apresentando soluções para diferentes tipos de necessidade;

2.º Classificado: Projecto «Revisão de Nível 2 das Unidades Quadruplas Eléctricas (UQE’s)» da CP – Comboios de Portugal, EPE, com prémio no valor de 15.000 euros, entregue pelo Secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa. Destaque pela visão a longo prazo do projecto, assim como a abrangência do mesmo para diferentes tipos de necessidade;

3.º Classificado: Projecto «Sistema de Transportes Públicos de Lagos (Onda)» da Câmara Municipal de Lagos, com prémio no valor de 10.000 euros, entregue pelo Presidente do IMTT (também presidente do Júri), António Crisóstomo Teixeira. Destaque pelo empenho do município em garantir, numa pequena rede de transportes local, o acesso por rampas em toda a frota.

Para maiores informações, acesse o link a seguir Prémio Acessibilidade aos Transportes 2011-2012 

Fonte: IMTT


Respostas

  1. Boa noite, gostaria de receber em minha residência formulários para providencia de Cartão de Vagas em estacionamento, não possuo carro mas tenho sempre uma pessoa a me transportar e sempre temos dificuldades em usar essas vagas disponíveis. Sou deficiente físico, uso muleta e fico constrangida quando os guardas de vagas vem certificar da minha deficiência, por isso seria melhor se tivesse o Cartão ou adesivos de vagas. Moro no interior da Bahia Em Itabuna e não sei onde poderia encontrar esse tipo de ajuda aqui. Agradeço a atenção, e, espero retorno. Obrigado.
    Napoleão S Filho – Rua D n 55 Bairro Novo Saõ Caetano Itabuna Ba CEP 45607-180

    • Procure o Departamento de Operação do Sistema Viário de seu estado, ou senão associações de pessoas com deficiência em sua região.

  2. Ricardo, não acredito na eficácia desse tipo de premiação. Pode até ser simpático, mas não tem efeito prático. Visto que acessibilidade é um direito do cidadão, prefiro o método de denunciar e ridicularizar quem o desrespeita.

    • Esta premiação é de origem portuguesa, então os efeitos podem ser diferentes do que encontramos no Brasil. Por experiência própria, posso dizer que existe mais respeito em relação à pessoa com deficiência em Portugal. Eu tento resolver as coisas com tranquilidade, e tentando uma negociação que seja bom para todos. Mas poucas vezes há resultado, então infelizmente, é preciso ter rigor e exigindo o cumprimento de direitos, e em certos casos até chegar à denuncia e processos. Isso é vergonhoso para nosso país.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: