Publicado por: Ricardo Shimosakai | 23/10/2012

Programa espera fazer a Broadway amigável para pessoas com autismo


No início deste mês o TDF – Theater Development Fund (Fundo de Desenvolvimento para o Teatro), a organização sem fins lucrativos que opera a TKTS discount ticket booths (TKTS bilheterias com desconto), anunciou que estava começando a Autism Theater Initiative (Iniciativa para o Autismo no Teatro), que visa tornar a iniciativa de ir ao teatro acessível para crianças e adultos que vivem no espectro do autismo. O programa começou com uma matinê lotada de “O Rei Leão”.

“Os pais de crianças autistas estão preocupados”, disse Lisa Carling, diretora dos programas de acessibilidade da TDF. “Eles querem que seu filho esteja confortável, e eles não querem que as pessoas pensem que eles são maus pais porque eles não podem acalmar seu filho. É muito importante para as famílias que estão criando crianças com autismo sentir que estão em um lugar agradável.”

Para a apresentação especial, a TDF comprou todos os bilhetes do Teatro Minskoff, que tem cerca de 1.600 lugares, e vendidos com um desconto. A TDF trabalhou com grupos de autismo, incluindo a organização Autism Speaks, para ajudar a espalhar a palavra. A apresentação estava com a lotação esgotada, e a Sra. Carling disse feedback sobre a iniciativa foi tão positiva que TDF está pensando em organizar adicionais apresentações amigáveis para autismo no futuro. (Mais informações sobre o programa está em tdf.org/autism)

Sra. Carling, falou sobre o porquê a TDF decidiu criar o programa, o que a Disney pensou na mudança do “O Rei Leão” adaptado para o Minskoff, e como os espectadores devem se preparar para a apresentação. A seguir, trechos da conversa.

Pergunta. Que tipos de modificações ou ajustes são necessários para fazer um show da Broadway confortável para uma pessoa com autismo?

Resposta. Crianças com autismo são únicos, mas existem algumas semelhanças, principalmente questões de sensibilidade. Sons muito altos pode ser perturbadores. Luzes brilhantes e luzes estroboscópicas em particular, podem ser um problema porque a epilepsia é uma complicação em uma criança com autismo.

Quando tivemos um painel de especialistas em autismo para dar uma olhada em “O Rei Leão” eles aconselharam sobre sete lugares no show em que eles sentiram que seria benéfico um tom do som mais baixo ou para mudar a iluminação para cima ou para baixo. Um amolecimento muito ligeiro de produção, em termos de luz e som, é uma alteração suave.

P. Mas por que uma apresentação separada para crianças com autismo? Porque não basta fazer os ajustes durante uma matinê regular?

R. Queríamos criar um ambiente que fosse acolhedor para as crianças e seus pais para que eles pudessem entrar e não ter medo do julgamento de outros espectadores que não conseguem entender por que uma criança está fazendo movimentos repetitivos, ou balançando para frente e para trás, ou por que uma criança talvez tenha necessidade de usar fones de ouvido ou se levantar no meio de uma canção e dar um tempo no lobby.

Não precisamos só de uma produção que foi temperada para esse público, mas também precisamos que toda a casa – os contínuos, outros membros da audiência, o elenco – estaja a bordo numa atmosfera muito acolhedora.

P. Como a Disney reagiu à idéia? Houve alguma preocupação de que as mudanças para o show seriam prejudiciais para o elenco, ou que os criadores do musical não iriam querer seu show modificado?

R. A Disney tem sido uma parceira maravilhosa. Logo no início eles foram receptivos a fazer ajustes para a produção, e para fazer acomodações no lobby com a designação de áreas que poderiam ser zonas tranquilas. Temos áreas onde as crianças podem se sentar em um puff, brincar com uma bola mole, desenhar com lápis e papel ou ouvir músicas.

Os ajustes para o show são mínimas. É ainda “O Rei Leão”. Não é um show aguado. O tempo de execução é um pouco menor, pois o comprimento era uma preocupação. Nós ouvimos que as crianças depois de uma hora podem precisar levantar-se. Mas acho que os adultos são da mesma forma.

P. O Minskoff é um dos maiores teatros da Broadway. Você estava preocupada que não haveria interesse suficiente para encher a casa inteira?

R. Tivemos uma recepção maravilhosa de famílias que compram bilhetes. Essa foi a primeira indicação. Uma mulher do norte do estado me disse: “Eu não posso ir para o nosso teatro local, porque eu não quero que as pessoas fiquem olhando para mim.”

Mas ninguém foi capaz de nos dizer o que o efeito seria de ter em torno de 600 crianças e adultos no espectro do autismo no teatro ao mesmo tempo.

P. TDF tem um programa para fazer os shows da Broadway acessível às pessoas com deficiência, incluindo a deficiência visual e auditiva. Como é esse programa diferente?

R. Deficientes visuais e auditivos tem sido parte da agenda de apresentações regulares na Broadway. Mas essas são situações em apresentações regulares, e em todas não eram necessarios os serviços de nosso grupo.

Para a comunidade do autismo senti um pouco diferente em termos de querer o conforto de ter todo o espaço para si. Era lógico, em seguida, para comprar toda a casa.

P. Provavelmente é difícil prever todas as complicações, mas você tem alguma opinião sobre o que o público pode experimentar durante a apresentação?

R. Se uma criança se aborrece com o ruído e precisa sair, isso vai afetar uma criança sentada na linha? Nós simplesmente não sabemos. Estamos fazendo sessões educacionais com o pessoal da casa e elenco para que as pessoas estejam familiarizados com os tipos possíveis de comportamento, e saberem como ser reconfortante.

Também estamos contando com os pais para conhecer seus filhos. Se uma criança está ficando triste, nós esperamos que os pais irão saber quando ir para o lobby para dar um tempo fora. Para a maior parte prevemos que todo mundo vai ter um tempo maravilhoso.

Mais informações sobre o programa TDF do alcance autismo acesse tdf.org/autism

Fonte: The New York Times

 


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: