Publicado por: Ricardo Shimosakai | 22/04/2013

Bahia tem R$ 300 milhões em investimentos púbicos no Turismo e Acessibilidade


Domingos Leonelli, secretário de Turismo da BahiaDomingos Leonelli, secretário de Turismo da Bahia

Nos próximos dois anos, o Turismo baiano contará com investimentos de R$ 300 milhões em projetos voltados para infraestrutura, acessibilidade e capacitação profissional. Os recursos serão financiados pelos governos estadual e federal, além do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Dentre os principais projetos estão a recuperação da Feira de São Joaquim, a construção do Palco Articulado do Pelourinho, além da acessibilidade e sinalização turística de Salvador, requalificação do Largo de Roma, dentre outros em Salvador e municípios turísticos do interior, que somam R$ 130 milhões. O montante virá do Ministério do Turismo e Governo da Bahia, com execuções realizadas pela Conder Ipac, dentre outros órgãos.

Na Baía de Todos-os-Santos, serão investidos R$ 170 milhões em obras de infraestrutura náutica e qualificação profissional, beneficiando 18 municípios da região. Os recursos fazem parte do Programa de Desenvolvimento do Turismo – Prodetur Nacional Bahia.

O secretário do Turismo, Domingos Leonelli ressalta a importância do aporte de recursos. “Somos um estado que recebe 5,9 milhões de turistas por ano e são turistas cada vez mais exigentes com relação a qualidade dos serviços e infraestrutura. Por outro lado, temos visto os destinos se qualificarem para receber os visitantes”, afimou.

O Turismo movimenta R$ 7,8 bilhões na Bahia e emprega diretamente 200 mil trabalhadores nas áreas de hotéis, bares e restaurantes.

Projetos de acessibilidade – Os municípios turísticos da Bahia serão beneficiados com projetos de acessibilidade que somam R$ 7,4 milhões em investimentos. Os recursos, do Ministério do Turismo, serão aplicados pelo Governo da Bahia, através da Setur.

Em Salvador, a iniciativa comtempla os sete pontos mágicos e, de acordo com o diretor de Projetos da Setur, Antonio Sérgio Pedreira, o projeto está sendo elaborado pela Prefeitura para que as obras sejam tocadas pela administração estadual. Na capital, serão investidos R$ 3,1 milhões.

Já no interior, onde serão investidos R$ 4,3 milhões e os municípios beneficiados, além de Salvador são: Mata de são João (Praia do Forte), Jacobina, Rio de Contas, Lençóis, Prado, Ilhéus, Porto Seguro, Bom Jesus da Lapa, Itacaré e Amargosa. A previsão é que os serviços estejam concluídos durante a Copa do Mundo de 2014.

Fonte: Mercado&Eventos


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: