Publicado por: Ricardo Shimosakai | 21/05/2013

Praia de Porto de Galinhas ganha equipamentos de acessibilidade


Faixas de circulação até ao acesso à praia, cadeiras anfíbias e jangadas acessíveis são apresentadas na inauguração do projeto Praia Sem BarreirasProjeto Praia sem Barreiras facilita o acesso de deficientes à praia. Cadeiras anfíbias para banho de mar e passeio de jangada estão disponíveis.

O projeto Praia Sem Barreiras, que já foi implantado em Fernando de Noronha e na praia de Boa Viagem, no Recife, chegou a Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, Litoral Sul pernambucano. A inauguração do serviço aconteceu na última quinta-feira (09) e, apesar do céu nublado, os cadeirantes puderam admirar a paisagem e tomar banho de mar, com direito a passeio de jangada, de forma mais segura e confortável.

A faixa exclusiva de acesso a pessoas com deficiência física começa na Rua da Esperança, próximo à Praça das Piscinas Naturais: primeiro, há uma rampa que dá acesso à esteira instalada na areia. Essa esteira tem 250m e está sinalizada com as cores azul e vermelha. O projeto funciona na maré baixa, de quinta a segunda-feira.

A professora aposentada Neide Luna perdeu o movimento das pernas quando criança, depois de contrair o vírus da poliomielite. Para ela, a iniciativa é apenas a primeira das muitas que estão por vir. “Eu vejo além de mim, vejo que será melhor para todos os outros. A coisa melhora e a gente pode compartilhar com todos a alegria do mar”, defende.

O projeto Praia Sem Barreiras inclui, ainda, o banho de mar. A atividade é feita com cadeiras que flutuam na água e tudo é monitorado por profissionais treinados. “Porto de Galinhas já é uma praia famosa por sua beleza e, agora, podemos oferecer lazer a todos os seus visitantes”, comentou o secretário de Turismo, Alberto Feitosa. De acordo com a Secretaria Estadual de Turismo, a próxima cidade a receber a iniciativa será Olinda.

Toda a estrutura do projeto custou cerca de R$ 250 mil, que foram pagos pela Prefeitura do município. Além da esteira e das cadeiras anfíbias para o banho de mar, quem visitar o local também pode fazer um passeio de jangada adaptada com cadeiras anfíbias e mergulho adaptado – para este último, é necessário apresentação do laudo médico considerando o interessado apto ao esporte.

Fonte: G1


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: