Publicado por: Ricardo Shimosakai | 01/09/2013

Douglas Bader. Piloto amputado das pernas, foi um herói da Força Aérea Britânica.


733909_566804710010359_1407535051_nHerói da Segunda Guerra Mundial, Douglas Bader continuou a voar pela RAF, depois de perder as duas pernas em um acidente de avião

Douglas Bader foi um piloto britânico, nascido em 1910, que decidiu, a partir de 1927 tornar-se piloto da Royal Air Force (RAF) da Grã-Bretanha. Após um período conturbado, onde em um curso de formação classificou-se em 18º lugar, numa turma de 21 alunos, empenhou-se nos estudos e melhorou consideravelmente suas técnicas de pilotagem.

Em 1931, ao voar em um aparelho chamado Bulldog, fazendo acrobacias de rolamento, Bader acabou por acidentar-se, após a asa esquerda da aeronave bater no chão e a aeronave logo transformar-se num monte de destroços. As pernas de Bader foram esmagadas, a esquerda sob o assento e a direita pelo pedal do leme.

Prótese da perna de Douglas Bader, desgastada pela guerra

Prótese da perna de Douglas Bader, desgastada pela guerra

Com isso, teve que amputá-las, e seu estado de saúde degenerou-se. Em 1932 foi transferido para o RAF Hospital em Uxbridge. Após meses de agonizantes e determinados esforços, Bader aprendeu a caminhar com suas duas pernas artificiais, sem utilizar bengala. Aprendeu também a dirigir carro, com os pedais modificados para se ajustarem a suas novas pernas, mas o sonho de Bader era voltar a voar.

Em 15 de setembro de 1940, os pilotos de caça da RAF enfrentaram os alemães da Luftwaffe, na famosa Batalha da Inglaterra. Os caças Spitfire e Hurricane foram as principais armas dos britânicos para derrotar os alemães, mas destacou-se em seu desempenho e bravura, justamente Douglas Bader, líder de esquadrão da ala de Duxford, que contava com 5 esquadrões.

Mesmo com sua deficiência, Bader finalizou a II Guerra Mundial com 22 vitórias aéreas conquistadas pilotando os modelos Hawker Hurricane e Supermarine Spitfire, dando baixa da RAF em 1946, provando que com determinação pode-se alcançar objetivos que não seriam esperados em condições normais.

Fonte: Ordinary Man


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: