Publicado por: Ricardo Shimosakai | 03/10/2013

Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade certifica Museu de Portimão


Museu de Portimão, antiga Fábrica de Conservas La Rose - Feu Hermanos, restaurado e reabilitado para as suas novas funções museológicas e culturaisMuseu de Portimão, antiga Fábrica de Conservas La Rose – Feu Hermanos, restaurado e reabilitado para as suas novas funções museológicas e culturais

O Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM) distinguiu o Museu de Portimão enquanto edifício público acessível, tendo sido hoje entregue o respetivo certificado de acessibilidade.

Em Portugal existem mais de 3,5 milhões de pessoas como mobilidade reduzida que sentem diariamente as dificuldades de querer entrar ou partilhar espaços públicos ou privados, dos quais dois milhões são idosos, um milhão são portadores de deficiência motora e 540 mil são crianças com menos de 5 anos, entre outros.

O ICVM é uma instituição sem fins lucrativos que pretende certificar lugares, públicos ou privados, que sejam verdadeiramente acessíveis, como é o caso do Museu de Portimão, cujas instalações – segundo este instituto – “estão em geral bem preparadas para a utilização confortável por pessoas com mobilidade reduzida, proporcionando acesso generalizado aos serviços prestados”, tendo assim recebido o certificado de acessibilidade Funcional+ (nível 1 Plus).

Também aponta soluções e divulga todos os locais numa plataforma de informação online, o que permite ao cidadão organizar a sua viagem, ou a simples deslocação a partir de casa, sendo a plataforma colocada também ao serviço do turismo nacional, tanto mais que o turismo acessível é um tema que está na ordem do dia na Europa, atendendo ao elevado número de pessoas que procuram locais adequados às limitações dos turistas seniores ou deficientes.

De sublinhar que o mercado do turismo acessível, apenas na Europa, vale 90 mil milhões de euros, ou seja, metade do PIB português, existindo 80 milhões de pessoas com deficiência na União Europeia, o que representa um potencial de 130 milhões de turistas, incluindo família e amigos.

O certificado de acessibilidade atribuído pelo ICVM é o primeiro a uniformizar critérios desta matéria em Portugal e permitirá identificar os locais onde o acesso universal às entidades económicas, sociais, culturais e turísticas está garantido.

Fonte: barlavento


Responses

  1. […] https://turismoadaptado.wordpress.com […]


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: