Publicado por: Ricardo Shimosakai | 25/07/2015

Centro das Artes alia acessibilidade e preservação


A secretária Daniela da Camara Sutti detalhou o projeto ao públicoA secretária Daniela da Camara Sutti detalhou o projeto ao público

Atender as demandas da classe artística aliando às questões de acessibilidade e preservação patrimonial foi o principal desafio das equipes da prefeitura responsáveis pela elaboração do projeto de reforma do Novo Centro das Artes, construído juntamente com os conselhos municipais da Pessoa com Deficiência, de Cultura e do Patrimônio Cultural.

Na apresentação do projeto, a secretária de Planejamento e Meio Ambiente, Daniela da Camara Sutti, informou sobre as mudanças que serão feitas no prédio, que conta com 1300 metros quadrados de área construída e 2 mil metros quadrados de área total. Entre elas, estão a retirada das pastilhas da fachada, recuperando as características originais do prédio.

O saguão vai abrigar uma praça pública coberta, com espaço para manifestações culturais; bilheteria, cafeteria e banheiros adaptados. Atendendo um pedido do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac), as treliças serão preservadas. Ainda no saguão, haverá duas novas salas de ensaio, ampliando a oferta de espaços para os artistas, e todas as paredes serão aproveitadas para exposição. Um dos diferenciais do projeto é a implantação de um miniteatro. “O miniteatro é uma demanda antiga dos movimentos culturais para atender espetáculos alternativos e com menor público”, informou Daniela.

No pavimento superior, estarão mais uma sala de ensaio, o foyer, Sala Glória Rocha e banheiros adaptados. Daniela lembrou que a Sala Glória Rocha foi fechada em 2013 pelo Corpo de Bombeiros por não atender as normas de segurança. “O projeto atual atende todas as exigências de segurança, com portas corta-fogo e revestimentos modernos.”

Os camarins também serão remodelados. O palco da sala aumentou mais um metro quadrado e a plateia sofreu um ajuste em razão das exigências de acessibilidade, garantida também pela presença de elevadores, rampas de acesso, piso tátil e banheiros adaptados.

Fonte: Prefeitura de Jundiaí


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: