Publicado por: Ricardo Shimosakai | 10/10/2015

Câmara aprova pagamento de auxílio-inclusão para pessoa com deficiência


Olívia Danielle (Oasb-DF) fala sobre o auxílio inclusão para pessoa com deficiência, que está previsto no Estatuto da PessoaOlívia Danielle (Oasb-DF) fala sobre o auxílio inclusão para pessoa com deficiência, que está previsto no Estatuto da Pessoa com Deficência

O programa Revista Brasília falou sobre auxílio inclusão para pessoa com deficiência, que está previsto no Estatuto da Pessoa com Deficência. Para comentar o assunto, a Rádio EBC conversou com a advogada e vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficência da (Oasb-DF), Olívia Danielle. Ela avalia que este é um benefício de grande valia porque é destinado a pessoas com deficência moderada ou grave.

A advogada ainda ressalta que o auxílio inclusão vai ajudar o indivíduo a manter o custo de vida, que é alto e exige tecnologia assistida para a pessoa ter qualidade de vida, como por exemplo contratar um cuidador, incentivar o desenvolvimento, para que ela possa se qualificar para o mercado de trabalho e fazer aquisição de produtos que o auxiliem no dia a dia.

Olívia Danielle diz que antes do auxílio inclusão o que existia era um benefício chamada de Benefício de Prestação Continuada e que a pessoa deixava de recebê-lo ao ser admitida num emprego. Era de um salário mínimo mensal, ao cidadão que comprovasse ser portador de uma deficiência física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo. Além disso, era necessário que a renda do grupo familiar fosse inferior a um quarto do salário mínimo. Agora, com o auxílio-inclusão, mesmo que a pessoa com deficiência venha a iniciar uma atividade laborativa, ela continua a receber esse auxílio.

Fonte: EBC


Responses

  1. entao se eu começar a trabalhar registrada eu nao vou perder o beneficio de 1 salario que recebo? como funciona isso? tem alguma lei?

    • Procure um advogado ou algum especialista na área. Aqui somente divulgamos a notícia. Obrigado.

    • Tenho uma filha de 24 anos com retardo mental, ela tem esse direito?

  2. E ainda continua sendo somente para famílias com renda inferiores a um quarto de salário mínimo?

    • De acordo com o texto sim, mas verifique maiores informações com a OAB ou outro órgão similar.

  3. Meu nome é Luise Weiss,sou mãe de dois filhos adultos portadores da Sindrome do X Fragil.Nunca pude ter algum tipo de apoio para meus filhos,pelo fato de estar empregada,sou professora.Porém ninguém pensa que um auxilio seria para os rapazes no futuro,pouis não tenho outros filhos,e ambos são interditados,portanto,dependem da gente.Gostaria de acompanhar o projeto,e dou meu apoio,integral.

  4. Gostaria de estar acompanhando o plano,e seu encaminhamento.O meu sentimento é a dificuldade de apoio,desde dificuldades de escolas,(os meus filhos nunca puderam estudar em escolas onde eu lecionava,)e apoio financeiro tambem não era possivel,pois ambos,eu e meu marido trabalhamos,o que não resolve o futuro deles,pois não temos uma infra-estrutura familiar de apoio.O que necessitarem de apoio,podem contar comigo.Atenciosamente,Luise Weiss

  5. Fiquei com uma duvida,se acaso pai e mae trabalham,recebem um salario,eles estao excluidos deste projeto?tem que haver um teto minimo de renda familiar?Ai novamente os meus filhos sao excluidos…o que nao se leva em conta,que este auxilio para filhos deficientes,e para o restante da vida deles,quando mae e pai nao estao mais,e nao haver uma retaguarda familiar atras…nunca se pensa nisto.Pagamos impostos,contas,enfim tudo que e dever nosso,mas o valor dos impostos que pagamos,nao reverte em nenhum momento para o futuro deles.Esta duvida tenho.Obrigada,Luise Weiss

    • Olá Luise, muitas questões ainda precisam ser estudadas e aperfeiçoadas. Enquanto isso, é possível procurar, mesmo por conta própria, outras maneiras de dar sustentação às nossas vidas. Eu encontrei no turismo, além do prazer, o sucesso profissional, e que me dá qualidade de vida, mesmo com todos os problemas que a deficiência me traz. Abraços.

  6. Tenho deficiencia fisica moderada , estava de licença mêdica pra fazer uma cirugia , agora o inss me deu alta com restrição , mas não tem como voltar pro meu trabalho. Tenho direito a este beneficio?

    • Somente divulgamos a notícia por julgar importante, portanto tudo o que sabemos é o que está escrito no texto acima. Caso queira maiores informações, procure um profissional especializado na área. Abraços.

  7. Sou deficiente ocular do lado direito, estudo, e tenho renda familiar que da pra meanter, porem presciso fazer exames mensais de toxoplasmose e sangue, para verificar se o virus toxoplasma não voltou, e então, posso receber esse auxilio ?

    • Somente divulgamos a notícia por julgar importante, portanto tudo o que sabemos é o que está escrito no texto acima. Caso queira maiores informações, procure um profissional especializado na área. Abraços.

  8. Ótima matéria.vai ajudará muita gente

  9. Meu filho é autista e nunca conseguir nenhum tipo de beneficio por trabalhar em dois emprego para poder sustenta-los pois tenho gemeos sendo só um que é altista.

    • Meu caso é parecido. Meu filho é autista leve e não conswgui o loas. Só que não consigo trabalhar por conta dos tratamento que ele faz. Mas pelo visto esse é mais um benefício que ele não terá, pois na matéria diz deficiência moderada e grave.

  10. Duvido minha filha tem uma síndrome rara nunca vai poder trabalhar já fui 3 vezes tentar e uma burocracia que da nojo so de pensar fora que agente e mal atendida e humilhada.

  11. Quem recebe o lo a vai ter direito a esse auxílio. Como ele vai validar.iremosncontinuar recebendo apenas esse salário. q ria entender mais. sobre esse assunto.

    • Somente divulgamos a notícia por julgar importante, portanto tudo o que sabemos é o que está escrito no texto acima. Caso queira maiores informações, procure um profissional especializado na área. Abraços.

  12. Bom dia tbm tenho uma filha com retardo mental e pela primeira vez que acho alguém com o mesmo problemas que eu teria como conversarmos as vezes me sinto sozinha podemos trocar figurinhas Aguardo.

  13. oi meu filho é autista e recebe o beneficio de prestação continuada, ele tem direito a receber o auxilio inclusão? ele tem 9 anos e esta no quarto ano

    • Somente divulgamos a notícia por julgar importante, portanto tudo o que sabemos é o que está escrito no texto acima. Caso queira maiores informações, procure um profissional especializado na área. Abraços.

  14. tenho um filho de 4 anos ele tem paralisia cerebral ele recebe o loas,ele tem direito a receber o auxilio inclusão,

    • Somente divulgamos a notícia por julgar importante, portanto tudo o que sabemos é o que está escrito no texto acima. Caso queira maiores informações, procure um profissional especializado na área. Abraços.

  15. Bom dia, Ricardo!
    Meu nome é Francielly, sou portadora de deficiência física aonde tenho algumas dificuldades de locomoção, Exemplo:Habilitada e reabilitada pelo ( INSS),código do Cid (M25.6)Artrose total de ambos os tornozelos, por sequelas pós cirurgia de Miniagoceli.
    Restrição de atividades: Trabalho em pé por tempo prolongado e caminhar grandes distâncias.

    Gostaria claro se pudesse me informar devido ao seu conhecimento, se tenho direito a receber esse auxílio, e se eu tiver a quem devo recorrer; se é a empresa que eu trabalho ou ao algum órgão responsável.
    Desde já agradeço a sua compreensão..

    Abraços.

    Atenciosamente, Francielly Souza Rocha.

    • Olá Francielly,
      A minha especialidade é turismo. Eu publiquei esta notícia por julgar importante, mas não tenho grande conhecimento para poder dar orientações. Então procure alguém que trabalhe na área para poder orientá-la. Abraços.

  16. Obrigado Ricardo,

    O mundo precisa de pessoas assim como você, motivadas.

    Forte abraço.

  17. Meu filho tem esclerose tuberosa ,ele não fala tem 7 anos e tem crises convulsivas e por isso não tem como eu trabalhar por conta das crises ele tem direito ?

    • Olá, publicamos esta matéria para informar de forma geral da existência do benefício. Mas para ver um caso específico, oriento a procurar um especialista no assunto. Obrigado.

  18. Como faço para garantir esse direito para a minha filha

    • É preciso verificar o caso de sua filha particularmente, então para isso, procure um especialista no assunto, para que seja orientada adequadamente sobre seus direitos e deveres. Abraços!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: