Publicado por: Ricardo Shimosakai | 10/03/2016

Casal brasileiro cria canal para mostrar como o cotidiano de cadeirantes é tão legal quanto o seu


Fernanda Fontenele e Felipe Costa em um Cruzerio Acessível no HaitiFernanda Fontenele e Felipe Costa em um Cruzerio Acessível no Haiti

A vida sobre rodas, sobre cadeira de rodas, é vida. E pode ser tão emocionante quanto a de quem se locomove de outra maneira. A brasiliense Fernanda Fontenele, de 29 anos, e o paulistano Felipe Costa, de 28, são cadeirantes e juntos, compartilham seus momentos para o mundo, a fim de mostrar, pra quem ainda não entendeu, que eles podem fazer o que quiserem.

O casal se conheceu durante um tratamento numa renomada clínica de reabilitação, a Project Walk, localizada na Califórnia, EUA. Os dois se tornaram cadeirantes após sofrerem acidentes de carro.

Felipe foi diagnosticado paraplégico em 2008, quando tinha 21 anos, depois de capotar o carro. Ele teve uma lesão medular em nível L1. Já Fernanda sofreu uma lesão medular em nível C6/C7 que a deixou tetraplégica aos 16 anos, após um acidente em 2003. Hoje, após muitas sessões de fisioterapia, Felipe consegue se sustentar em pé e Fernanda já movimenta os braços naturalmente.

Em 2010, o casal fundou a clínica Acreditando, um centro de recuperação neuromotora, saúde e bem estar. Pioneira por aqui, eles a fundaram com base no Método Dardzinski, o mesmo desenvolvido no instituto onde se trataram. Além da Acreditando, Fernanda e Felipe lançaram um meio de contar mais sobre o dia a dia de cadeirantes, o canal do YouTube Fes sobre rodas.

Nosso objetivo é motivar outras pessoas que estão (ou não) na mesma situação e mostrar que uma vida sobre rodas é possível e divertida”, diz a página.

Lançado há dois meses, o canal conta com 15 vídeos, que narram, por exemplo, como é viajar através de um cruzeiro acessível pela Jamaica e Haiti, como viajam com três cachorras na estrada, cair da cadeira, suas rotinas na cozinha, na lavanderia e mais. “Sempre que contamos para as pessoas que moramos sozinhos, somos independentes, viajamos, fazemos as rotinas de casa etc, elas sempre nos olham com aquele espanto de ‘mais como eles fazem isso?‘”, conta Felipe. Eles respondem isso nos vídeos a seguir:

Fonte: hypeness


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: