Publicado por: Ricardo Shimosakai | 05/09/2016

Memorial JK lança novos espaços e estrutura de acessibilidade


Espaço dedicado à memória do presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, recebeu maquete tátil do prédio e versão em braile do acervoEspaço dedicado à memória do presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília, recebeu maquete tátil do prédio e versão em braile do acervo

O Memorial JK, em Brasília, inaugurou, nesta quinta-feira (1°), nova infraestrutura para garantir acessibilidade a qualquer pessoa interessada em conhecer seu acervo. Com apoio da Lei Rouanet, a instituição investiu cerca de R$ 1,8 milhão em inovações tecnológicas. A cerimônia de lançamento da nova estrutura contou com a participação do ministro da Cultura, Marcelo Calero.

“Queremos democratizar o acesso ao nosso acervo, para que todos conheçam a história do fundador de Brasília, para que a história de ontem seja sempre atualizada, de modo a permanecer viva na memória do povo”, destaca Anna Christina Kubitschek, presidente do Memorial JK e neta de Juscelino Kubitschek. Inaugurado em 1981, o memorial conta, em diferentes formatos, a história do estadista mineiro, que foi responsável pela construção de Brasília e presidiu o País de 1956 a 1961.

Entre as inovações inauguradas nesta quinta-feira estão a instalação de uma maquete tátil do prédio do memorial e de seu entorno, indicando ambientes e percursos de visitação a pessoas com deficiência visual.

Também foram implantados mapas em alto relevo das salas de exposição. Os vídeos exibidos no local ganharam legendas, audiodescrição e tradução em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Além disso, as legendas de fotos e placas com explicações sobre o acervo ganharam versão em Braile.

Acessibilidade no século XXI

Calero destacou, durante a cerimônia, que a formatação de programas voltados para pessoas com deficiência deve ser uma marca de sua gestão. Uma das ações nesse sentido é a recente criação da Coordenação-Geral de Acessibilidade e Inclusão, vinculada à Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural. “Este é um desafio que temos de enfrentar para a construção de uma política pública de cultura”, enfatizou.

Fonte: Portal Brasil


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: