Publicado por: Ricardo Shimosakai | 09/09/2016

Santos Dumont oferece novas opções de acessibilidade


com-inclinacao-leve-a-rampa-de-acesso-conecta-o-nivel-do-chao-as-portas-dos-boeing-737-700-e-737-800-em-caso-de-voos-feitos-em-posicao-remotaCom inclinação leve, a rampa de acesso conecta o nível do chão às portas dos Boeing 737-700 e 737-800, em caso de voos feitos em posição remota

Dentro do planejamento da Infraero para os Jogos Paraolímpicos Rio 2016, e visando a proporcionar ao Passageiro com Necessidade de Atendimento Especial (PNAE) cada vez mais conforto, o Aeroporto do Rio de Janeiro/Santos Dumont, que já é um terminal acessível, passou a disponibilizar, no mês de agosto, novas facilidades.

Desde a segunda-feira (29/8), o Santos Dumont conta com um novo sistema móvel de rampa de acesso à aeronave. Com inclinação leve, o equipamento da Gol Linhas Aéreas conecta o nível do chão às portas dos Boeing 737-700 e 737-800, em caso de voos feitos em posição remota. A proposta da companhia aérea é que o cadeirante passe a ter mais autonomia sobre o seu deslocamento nos processos de embarque e desembarque. A nova facilidade também está disponível no Aeroporto de Congonhas (SP).

Outra melhoria recebida na última sexta-feira (26/8) foi a implantação de rampas que auxiliam no processo de embarque e desembarque nas oito pontes de embarque do terminal carioca. As chapas de alumínio antiderrapantes se posicionam entre a porta da aeronave e sua ligação com a ponte de embarque (finger), de forma a facilitar o deslocamento.

Ainda dentro da proposta de acessibilidade, foi disponibilizado na última quinta-feira (25/8) um sanitário exclusivo para os cães-guia de passageiros com deficiência visual. Localizado no conector, de modo a servir tanto nas chegadas e nas partidas e à sala remota, o sanitário fica ao lado dos elevadores. Contando com uma sinalização especial, o espaço ficará disponível até o final das Paraolimpíadas.

“É uma preocupação constante da Infraero proporcionar sempre a melhor experiência ao passageiro quando da sua passagem pelo terminal, tornando-o cada vez mais acessível a todos os usuários do aeroporto”, destacou o superintendente do terminal carioca, Aparecido Iberê de Oliveira, lembrando ainda que, além da rampa, a Gol no Santos Dumont disponibiliza também uma máquina de tradução simultânea em Libras.

Aeroporto acessível

O Aeroporto Santos Dumont oferece ainda outras opções de acessibilidade, como elevadores e banheiros acessíveis, telefones, calçadas rebaixadas e rampas de acesso, ônibus e balcões de check-in adaptados, ambulift (veículo com sistema de elevador para facilitar o embarque e desembarque de PNAEs).

Além disso, em 2014, o Santos Dumont recebeu o selo de participação no projeto Rio Acessível, com a classificação Diamante. O terminal foi o único entre os 250 pontos analisados na cidade que obteve o certificado com esse grau, que implica dizer que mais de 90% do local é acessível. A iniciativa faz parte do projeto da Prefeitura do Rio, que avaliou o nível de acessibilidade de pontos turísticos e museus, além dos locais de embarque e desembarque dos diferentes modais de transporte.

Fonte: Infraero


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: