Publicado por: Ricardo Shimosakai | 15/05/2017

Pilates para Deficientes Físicos: Como tratar seus alunos


Adaptação é a palavra-chave no Pilates para deficientes físicos.

Ao meu ver sempre devemos estimular sim, tentar sim. Mas o melhor muitas vezes é investir no que o aluno consegue fazer e melhorar estas ações do que tentar propor coisas difíceis e que ele não terá sucesso na execução.

Quando falamos da deficiência física, falamos de pessoas que tem alguma limitação do funcionamento do sistema físico-motor, esteja ele relacionado a déficit cognitivo ou não.

Primeiramente, a deficiência física não deve ser tratada com diferenças, mas deve ter os cuidados necessários de acordo com as necessidades do aluno no Pilates para deficientes físicos.

Método Pilates para Deficientes Físicos

O Pilates para deficientes físicos requer muito cuidado. Isso por que temos que pensar no Método em si e de que forma adaptar às necessidades do cliente/paciente/aluno, afinal ele vem em busca do Método Pilates.

É um assunto muito amplo, e não existe “receita de bolo”. Cada ser é único, cada déficit é único, e não existe estímulo nem exercício padrão quando se trata de exercício associado a estímulos de outros.

Entramos em um assunto extenso de patologias, detalhes, características, sintomas e cada ser é único dentro dessa gama. Então aqui vamos abordar apenas alguns casos mais presentes nos estúdios de Pilates.

Uma recepção, tratamento e aula, baseados no bom senso e compreensão das capacidades do aluno são muito importantes, visando que essa confiança nas aulas e em todo o trabalho desenvolvido no decorrer do tempo será o que nos trará o retorno dos objetivos iniciais.

Uma anamnese bem feita, condutas, exercícios bem escolhidos baseados nos achados na anamnese fazem com que o horário de aula seja otimizado trazendo os resultados.

Relembrando que muitas vezes devemos focar no funcional, e trabalhar o que o aluno faz com facilidade e não apenas as dificuldades.

Usar movimentos funcionais associados aos exercícios, estímulos de palpação e toque no Pilates para deficientes físicos.

Estímulos visuais e exercícios que trabalham os movimentos funcionais do corpo e equilíbrio,adaptando sempre que necessário os movimentos buscando a normalidade.

Métodos diferentes junto ao Pilates também ajudarão sempre.

Avaliação Inicial e Avaliações Seguintes

Muitos alunos pequenos ou adolescentes vem acompanhados de seus pais no Pilates para deficientes físicos.

Estes devem estar à par do trabalho que vem sendo realizado, dos acontecidos nas aulas. E o instrutor também precisa saber como está este aluno fora do estúdio.

Interessante passar exercícios de estímulo mental que possam ser feitos em casos que exista a necessidade do aluno.

Deve ser feita sempre após a avaliação inicial uma reavaliação de acordo com o tempo que você achar necessário após a primeira para acompanhar se conseguiu conquistar seus objetivos iniciais com este aluno ou não, e o que precisa acrescentar e ou mudar na sua aula.

E a reavaliação deve ser entregue aos responsáveis para acompanhamento.

No caso dos adultos deve ser feito o mesmo, desde avaliação postural ao que for necessário avaliar e reavaliar de acordo com a deficiência do aluno.

Assim como um aluno sem deficiência, o aluno deficiente deve ser tratado como igual, a aula mesmo que adaptada deve ser dada de forma natural, no Pilates para deficientes físicos.

O instrutor como profissional deve ver a necessidade da aula individual no momento de avaliação deste aluno pois talvez ele necessite de alguma atenção especial. Isso tudo dependendo da deficiência, e do cognitivo do aluno.

Estimular de forma verbal, visual e motora sempre para tornar a aula o mais completa possível é importante. Por isso a importância de uma boa anamnese.

Conversar, acolher este aluno é essencial, isso já é feito com aluno sem deficiência, o aluno com deficiência deve ser feito também e com um acolhimento maior caso necessário.

Sabendo que tal postura não deve ser adotada se necessário, pois o aluno com deficiência deve ser sempre tratado como um aluno sem a mesma.

Vamos falar de um exemplo como o aluno com paralisia cerebral, no Pilates para deficientes físicos.

Pilates na Encefalopatia Crônica da Infância ou Paralisia Cerebral

Falaremos sobre o atendimento e o uso do Método na criança, no adolescente e no adulto.

Como citado anteriormente, não existe receita de “bolo” cada ser é único, principalmente se tratando de deficiências. O seu aluno/paciente/cliente precisa passar por uma anamnese para identificar qual o tipo de paralisia, e quais déficts deverão ser tratados dentro da aula de Pilates.

Como não existe padrão para tais achados na anamnese por isso não entraremos a fundo nos exercícios. E sim o que devemos enfatizar para depois podermos nos guiar em quais serão os melhores exercícios.

Importante enfatizar, reforço das musculaturas específicas que necessitam atenção, essas encontradas na anamnese como:

          * Alongamento

          * Estabilidade Pélvica

          * Estabilidade de Cintura Escapular e Movimento da Mesma

          * Melhorar a Marcha (Caminhada)

          * Treino de Movimentos Funcionais

          * Trabalhar as ações de Retificação, Equilíbrio e Proteção

          * E as Trocas de Decúbito

Exercícios de Pilates para Encefalopatia Crônica ou Paralisia Cerebral

Não estamos falando de idade ou de algum achado específico e sim de forma geral, sempre retomando que tudo depende do encontrado na anamnese. Tais exemplos poderão ser aplicados apenas se possível de acordo com a necessidade da pessoa.

Exercícios como One Leg Circle para fortalecimento de membros inferiores, estabilização pélvica, alongamento e centralização. Cuidado com pessoas que tem problemas de subluxação ou outros de quadril. Lembrando que cada pessoa é uma e a anamnese também.

Outro exercício que é muito completo por ativar musculaturas de membros inferiores, membros superiores, trabalhar respiração, melhorar o alinhamento da coluna, reforça musculatura postural e trabalhar alongamento, é o exercício Spine Stretch Forward, que é muito completo e muito bom principalmente para escolioses que são muito presentes no PC.

Além disso, pode-se ser usado estímulos que ajudam a melhorar o equilíbrio estático e dinâmico.

São exemplos exercícios de equilíbrio em pé com flexão de quadril e também com o uso de acessórios que aumentam a instabilidade como a bola, bosu, disco proprioceptivo associado a movimentos de isometria ou a algum movimento específico, e também com o uso dos aparelhos.

O exercício Saw (Serra) é muito indicado para alinhamento da coluna, alongamento de cadeia posterior de membros inferiores e coluna, rotações, estabilizações e ativações musculares de membros superiores,  inferiores e coluna.

Um outro ótimo exercício é o quatro apoios, que tem como indicação estabilização de cintura escapular, trabalhar descarga de peso e alinhamento, fortalecendo musculaturas importantes que ajudarão na melhora do equilíbrio e da marcha, como glúteos, fortalecimento de membros superiores e membros inferiores.

Assim como reabilitação, o Método Pilates vem como promoção e prevenção da saúde, abraçando todas as necessidades da pessoa com PC, desde a física como a mental.

Pelo método usar estímulos mentais, torna o exercício mais completo assim ajudando ainda mais em caso de pessoas com PC que precisam de estímulos de concentração e controle.

Concluindo…

O Método Pilates para deficientes físicos acaba sendo completo contemplando e trazendo muitos benefícios as necessidades da pessoa com deficiência auxiliando em todas as necessidades sendo ela física e ou mental.

Além de melhorar talvez o mais importante que é a saúde como um todo, melhorando assim a qualidade de vida.

É muito importante que a pessoa sempre seja avaliada antes do início de suas aulas para identificação de suas reais necessidades.

Para aplicação de qualquer técnica, é necessário que o corpo e suas limitações sejam respeitados fazendo um trabalho gradual.

E para que ela obtenha um acompanhamento adequado é necessário um profissional especializado e com formação em Pilates.

Fonte: Blog Pilates

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: