Publicado por: Ricardo Shimosakai | 19/08/2010

Abigail e Brittany Hensel – Duas cabeças, um corpo


Abigail “Abby” Loraine Hensel e Brittany “Britty” Lee Hensel (Carver County, Minnesota, 7 de março de 1990) são gêmeas dicéfalas. Elas possuem duas colunas vertebrais, com separação até a metade do sacro, sendo que estes se convergem distalmente dentro de uma bacia ligeiramente larga. Todos os controles e os sentidos dos braços e pernas correspondem a cada uma das gêmeas, de acordo com o seu lado, sendo que Abby comando o lado direito, e Britty o esquerdo. Um terceiro braço rudimentar central que elas possuiam, foi amputada ainda na infância.

Nascimento e infância

Abigail e Brittany Hensel, as gêmeas dicéfalas, nasceram em Carver County, Minnesota, em 7 de março de 1990, e são filhas de Patty Hensel (enfermeira) e Mike Hensel (carpinteiro e jardineiro). As gêmeas ainda têm um irmão mais novo chamado Dakota, ou Koty para os intimos, além de uma irmã, também mais nova, chamada Morgan. Elas foram criadas em New Germany, Minnesota, na filosofia Luterana. Aos 12 anos, elas se submeteram à uma cirurgia no Gillette Children’s Healthcare, para corrigir a escoliose e para expandirem suas caixa torácica, para evitar futuros problemas com a respiração.

Separação

Após seus nascimentos, seus pais rejeitaram as opções para tentarem lhes separar cirúrgicamente, após ouvirem dos médicos que não era provável a sobrevivencia das meninas. Como as meninas cresceram e aprenderam a andar e desenvolver outras habilidades, os pais confirmaram a decisão contra a separação, alegando que a qualidade de vida para a gêmea que sobrevivesse, ou para ambas viverem separadamente, seria inferior a atual qualidade de vida.

Atualmente

Ambas passaram com êxito, tanto na prova escrita como na prática, para tirarem suas carteiras de motorista. Elas tiveram que fazer os testes duas vezes, uma vez para cada. Abby controla os pedais, rádio, aquecimento, desembaçador e outros dispositivos localizados à direita do banco do motorista, enquanto Brittany controla a seta e as luzes do veiculo, e juntas, elas controlam o volante. Elas também pretendem visitar o Reino Unido, para que ambas possam ter uma chance de usar seus controles opostos, já que neste país os veiculos possuem comandos invertidos (mão inglesa). Ambas concluíram o ensino superior em 2008. Elas começaram a estudar na Universidade de Bethel, em St. Paul, Minnesota.

Fisiologia, Anatomia e Psicologia

A cabeça de Brittany é inclinada aproximadamente 15 graus lateralmente e para fora, enquanto a cabeça de Abby inclina lateralmente para fora cerca de 5 graus, o que causa a impressão de que a cabeça de Brittany possa ser ligeiramente mais curta.

Cada uma das gêmeas controla um lado do corpo. Unidas, são bastante eficazes na cooperatividade com seus membros, quando ambas as mãos ou pernas são exigidas numa tarefa. Ao coordenar os seus esforços, elas são capazes de andar, correr, andar de bicicleta normalmente. Cada uma escreve com a sua respectiva mão de controle. Juntas, elas podem, ainda, digitar no teclado de um computador a uma velocidade normal. O sentido do tato de cada uma é restrito à sua metade do corpo, este em tons off no plano sagital mediano de tal forma que há uma pequena quantidade de sobreposição na linha média.

Distribuição de órgãos

A maioria dos órgãos são compartilhados pelas gemeas, e estão localizados em, ou abaixo, do nível do umbigo.

  • 2 cabeças completamente separada na medula espinhal
  • 2 colunas vertebrais
  • 2 braços (originalmente 3, mas o braço central rudimentar foi removido cirurgicamente, deixando a escápula central no lugar)
  • 1 caixa torácica (ampliada com a cirurgia para correção de escoliose e expanção do torax)
  • 2 mamas (seios)
  • 2 esternos
  • 4 pulmões (pulmões medial moderadamente fundidos, não envolvendo, porém, o lobo superior direito da Brittany)
  • 3 cavidades pleurais
  • 1 Diafragma com uma bem coordenada respiração involuntária
  • 2 corações em um sistema circulatório compartilhado (se houver alterações na nutrição, ou ma imgestão de medicamentos por qualquer uma das duas, isto afetará a outra também)
  • 2 estômagos
  • 2 vesículas biliares
  • 1 de fígado com lóbulo direito alargado
  • Intestino pequeno
  • 1 intestino grosso com um cólon
  • 2 deixou rins, um rim direito
  • 1 bexiga
  • 1 conjunto de órgãos reprodutores e sexuais
  • 2 sacros, que convergem distalmente
  • 1 pelve um pouco larga
  • 2 pernas

Aspectos psicologicos

Elas são claramente, pessoas distintas, com diferentes gostos, desgostos, e preferências. Até suas opções em relação a alimentos, cor de roupas, etc, são diferentes. Algumas de suas roupas são alteradas por suas costureiras, de modo que elas têm dois decotes separados, a fim de enfatizar suas individualidades. Elas geralmente têm refeições separadas, mas às vezes compartilham uma única refeição por uma questão de conveniência (por exemplo, cada um leva uma mordida no hambúrguer mesmo). Abigail é melhor em matemática, e Brittany é melhor em inglês.

A maior preocupação delas, é em relação as suas saúdes, pois apenas quatro pares de gêmeos siameses que partilhavam o mesmo tronco e duas pernas sobreviveram até a idade adulta, sendo que a maioria destes, possuiam problemas cardíacos congênitos ou anomalias de outros órgãos. Mas nenhum deles se parece com o caso das Hensels, mesmo que elas, até agora, não se mostrassem a vontade para todos os estudos médicos, sendo que pretendiam, ainda, fazer um número limitado de aparições na mídia, no futuro, principalmente, apenas para aplacar a curiosidade do mundo e reduzir o número de pessoas que poderiam ser surpreendidas por suas configurações incomum.

Recentemente, elas declaram que não gostam de ser intensamente olhadas ou fotografadas por pessoas estranhas, ou de falerem sobre suas vidas privadas, mas disseram que esperam um dia namorar, casar e ter filhos. Elas acreditam, ainda, que podem ser capazes de conduzir de outra forma a vida social. 

Anúncios

Responses

  1. Olá, gostaria de saber como elas estão hoje (2016)…
    Abç

    • Pesquisando, a ultima informação concreta, é que elas estrearam um reality show em 2013 com 22 anos. Há notícias delas com 25 anos, porém nada que possa se ter certeza. Acho que só estejam fora da mídia, pois se tivessem morrido, haveria alguma notícia na internet.

  2. Olá, queria saber porque acontece e/ou como acontece, para um individuo nascer com duas cabeças, ou 4 pernas, 4 mãos, etc..

    • Olá Priscila,
      São conflitos genéticos ou qualquer anomalia que acontecem na formação do bebê. Também existem reações diferentes para cada pessoa, não há uma regra. Obrigado.

  3. Boa noite ! Sou estudante de fisica nuclear .fiquei bastante empolgado com o que vi sobre essas meninas ja pesquisei eatudei e ja cheguei algumas conclusoes.mas gostaria mesmo de ouvirbe ver outras opinoes.a minha pergunta e a seguinte o que acontece pir exemplo se umas das irmas por exemplo ter uma morte cerebral

    • Olá Ednaldo, creio que qualquer opinião será uma simples conclusão, baseada nas informações. Para saber mesmo o que acontece, somente médicos, e mesmo assim, é preciso fazer estudos e exames mais específicos. Mas na minha leiga opinião, se uma tem morte cerebral, creio que falece somente a parte de uma delas. Acredito que a outra consegue sustentar os órgãos que são compartilhados, e dai será necessário uma operação para separá-las.

  4. Muito interessante no seriado American horror story 4 freak show
    Conta a história de gemeas siamesas de duas cabeças. Foi a personagem que mais gostei pois é muito interessante a forma de como cada uma tem suas vontades e etc muito legal a matéria parabéns. So fiquei triste pois como o seriado se baseia no show de horrores na década de 1969 se nao me engano e na época quem tinha algun tipo de deformidades era chamado de aberrações e eram desclassificados da sociedade. Creio que hj em dia ainda exista esse preconceito.

    • Que legal, vou buscar mais informações e postar sobre o horror story 4 freak show. Apesar de saber lidar com a situação, com certeza elas passam por preconceito. Hoje em dia não são chamadas de aberração, somente por uma questão anti-ética, infelizmente.

  5. Nossa! Achei as duas muito gatas!!! Se elas morassem aqui no Brasil eu me candidatava a namorado e faria todo o esforço para conquistar as duas personalidades. Esforço duplicado que seria retribuído com amor em dobro. O problema ia ser na hora das brigas. Se eu brigo com uma e não com a outra? E pra ter filhos? Será que elas podem ter filhos normalmente?

    Pena que elas moram em outro país…

    • Creio que seria difícil agradar a duas personalidades diferentes, mas não é impossível. A parte do útero e vagina são compartilhadas, e podem ter filhos normalmente.

  6. Tipo assim uma curiosidade..não quero que me levem a mau de maneira nenhuma.No caso de dor….Se der um beliscão na barriga quem sentiria a dor nesse caso delas??

    • Creio que as duas sentem. Toda a pele, é compartilhada pelas duas. Um beliscão, deve enviar a mensagem de dor para ambos os cérebros. A sensação pode ser diferente, uma com mais dor, outra com menos, pois são cérebros diferentes. Algo parecido pode ocorrer também com cócegas. Fazendo cócegas em um lugar, uma pode rir e a outra não, assim como acontece com pessoas diferentes.

  7. nossa deve ser mito estranho uma pessoa usar o mesmo órgão genital para fazer sexo! o melhor é arrumar um único namorado que agrade as duas ao mesmo tempo se ambas concordarem!

    • Mesmo órgão para o sexo mas com cabeças diferentes, e com gostos e preferências que também são divergentes às vezes. Mas elas já falaram sobre relacionamento, pelo menos no namoro, em aceitar o namorado da outra. Enquanto a coisa fica só no beijo é mais fácil.

  8. Fico curioso com o seguinte. Em um momento sexual as 2 meninas vão sentir as mesmas coisas? Acredito que para elas seja muito difícil encontrar namorados, não pela condição de siamesas, mas com certeza este namorado será vítima de inúmeras perguntas indiscretas, tais como a minha curiosidade.

    • Apesar de ter um só órgão sexual, tem dois cérebros. E o cérebro que interpreta as sensações. Por isso, num mesmo ato sexual, uma pode gostar mais do que a outra. E creio que elas sabem como dividir bem isso, porém somente elas podem ter uma resposta certa.

  9. Achei interessante, elas convivem bem, fazem as mesmas coisas que outras pessoas fazem como estudar, dirigir, se divertir, só com algumas adaptações…

    • Tiveram a capacidade de lidar com a adversidade. Mostrando suas capacidades, acabaram sendo bem aceitas pela sociedade, isso é ótimo.

  10. Isso ai só prova que deus não existe.

    • Esta história somente mostra uma história real, não tem nenhuma intenção de provar nenhum conceito religioso. As interpretações disso, fica por conta de cada um, afinal como trabalhamos a inclusão, também estamos abertos a todos

      • Concordo, tenho direito de dizer que isso prova que nenhum deus existe de fato, assim como o crente tem o direito de dizer que Deus existe. Vivemos numa democracia, e somos livres para expressar oque bem entender. Afinal aberração genética é mais comum que se possa imaginar.

  11. Sei que já faz um pouco de tempo dessa postagem, mas, e se um lado delas morrer primeiro?

    • A condição das duas desperta muita curiosidade. Acho que dependendo da parte do corpo, será fatal às duas. Mas pode ser somente parte de uma delas, e ser retirada do corpo, Ou até, o que acontecer em uma delas, também pode afetar à outra. Intrigante, e seria bom um parecer de um especialista na área médica

  12. Fabulous, what a website it is! This website provides useful information to us, keep it up.

  13. Hi there! Do you use Twitter? I’d like to follow you if that would be ok. I’m definitely enjoying your
    blog and look forward to new updates.

  14. poderiam traduzir este video delas? obrigada..
    ]http://www.youtube.com/watch?v=K57IcN9DWXo

  15. hei, eu gostei do artigo, mas tenho uma dúvida, ela(s) ranjam um namorado ou dois????
    se for dois, na hora de beijo tudo bem, mas no sexo, como que fica????

    • Não, cada uma tem um cérebro, então devem ter preferências diferentes, pois ninguém é igual. O que acontece, é aceitarem a compartilhar ou dividir muitas coisas. Então, uma namorado pra cada, mas também não impediria de ser um só, só que não dá pra beijar as duas de uma vez. Para o sexo, ai não há como separar, mas uma pode vivenciar, e a outra não fica prestando atenção. Só as sensações, é que não acho que dê para separar. Mas elas devem ser bem resolvidas quanto a isso, assim como eu na condição de cadeirante, ainda desperto muita curiosidade para a sociedade.

  16. Eu fico feliz em vê-las crescidas (eu as vi a primeira vez pequenas e não tive mais notícias), saber que estudaram, se formaram, tiraram a carteira de motorista enfim.Gostaria de saber em quais cursos elas se formaram. E se há alguma possibilidade de trabalharem no curso que elas escolheram, elas já trabalham ? e como é a convivência com os irmãos e com os amigos .

    • Não tenho informações exaras a respeito da vida acadêmica e profissional. O vídeo mostra elas comemorando 16 anos, porém não tenho a data de quando ele foi feito. Agora a convivência com irmãos e amigos é tranquila. Para pessoas que conhecem elas, é só uma questão de conhecer os costumes delas, assim como é para qualquer pessoa. Assim como acontece comigo, as pessoas podem ter certo receio, e cuidados no começo, mas depois é tranquilo

  17. Acho que são duas meninas com um só corpo e não ao contrário.
    São muito lindinhas e conseguirão levar esta anomalia buscando sempre uma individualidade e adptação às exigências da sociedade.
    Conhecer alguém que queira um compromisso tb conseguem, e terão o mesmo problema que todos, sobre o caráter desta pessoa, [isso é comum para toda a sociedade]
    Se uma vier a ter problemas em suas partes individuais, por exemplo por um avc as duas correrão riscos, se apenas uma sobreviver, a outra poderá falecer tb por depressão, a novidade de estar só e dona do corpo pode não não superar a perda da parte.

    • Ambas já estão crescidas e maduras para saber levar a vida em harmonia, e enfrentar as dificuldades. Claro que conflitos podem aparecer, mas as vezes não é preciso ter duas cabeças para que isso ocorra, há pessoas que vivem em uma eterna crise existencial. Muitas dúvidas surgem, pois é um caso raro e pouco conhecido. Mesmo eu, como um cadeirante, percebo que ainda desperto muitas dúvidas por parte da sociedade.

  18. Minha dúvida é quando uma delas morrer, como ficará a outra carregando o cadáver de sua irmã?

    • Muito interssante essa pergunta. Algumas partes do corpo são compartilhadas, como intestino e útero. Assim, caso ocorra um problema nesses órgãos, o problema será de ambas. Mas existem partes do corpo que são “individuais”, como doração e rins. Caso um desses pare de funcionar, o órgão da outra poderia assumir a manutenção do corpo da outra? Mas pensei, que se uma metade morrer, poderia se fazer a retirada por meios cirúrgicos. No mínimo, muito intrigante…

  19. Gostaria de entender melhor a situação dessa menina de duas cabeças.Pra mim fico um pouco triste e queria saber com detalhes como foi a gestação dessa mãe , se essa mãe abusou de alguma substância tóxica ou algum remédio que prejudicou sua gestação. Se ela foi acompanhada pelo um médico ,e se fez a ultrassonografia.
    Conheci um caso em que uma pessoa teve uma filha que nasceu com 3 seios e já tinha tido outro filho anteriormente.Essa mãe não se cuidava, fumava, e abusava de outras coisas tóxicas. Graças a Deus a retirada do seio que veio desproporcional não afetou na vida da criança. Gostaria se no caso dessa menina de duas cabeças se houve abuso dos pais com relação ao uso de drogas ou outras substâncias que teve tal consequências e se isso pode ou não ser a causa dessa situação tão difiícil e triste.

    • Esses aspectos geralmente não são revelados. Mas de qualquer forma, assim como acontece com outros tipos de deficiência, é uma causa genética, de um distúrbio acontecido na gravidez, e que em tempos passados, quando a medicina ainda não possuia recursos avançados, os familiares só descobriam quando a criança nascia. Dai todos ficavam assustados, pois tiveram uma gestação correta e sem nenhum abuso. Às vezes não há como evitar.

      • Não tem nada a ver com abusos. A gestação seria para gêmeos homozigotos, um óvulo fecundado se divide e cada gêmeo se desenvolve separadamente, em bolsas gestacionais separadas. Isso não ocorre no caso de siameses, quando dividido, por algum fator raro que os médicos chamam de fusão e outros de fissão, uma parte continua ligada e se desenvolvem em uma só bolsa gestacional. Dependendo de onde se ligam as células é onde será mais comprometido. Assisti um documentário sobre as irmãs Reba e Lori Schappell que são ligadas pela cabeça e dividem parte do cérebro, hoje elas tem mais de 40 anos.

        • Esta explicação parece bem mais técnica e embasada. Mas lembrando que a deficiência, pode ser causada por vários motivos. Muitas delas são por falta de cuidado, mas outras também fica muito difícil de evitá-las. Possuir uma deficiência não é um problema, mas sim a forma como a própria pessoa lida com essa questão.

  20. eu só queria saber como seria a vida de alguem assim para arrumar namorado. acho meio difícil.
    ou nao?

    • Já tinha visto algo sobre relacionamento dessas irmãs, e elas disseram que conseguem separar bem esse tipo de situação, além das diversas outras que nos parecem complicadas. Até mesmo por terem preferências diferentes, quem sabe a pessoa que uma gosta, pode não ser interessante para a outra. Outras situações onde é impossível haver separação como uma relação íntima, ai é saber conviver em harmonia.

  21. oie eu sou surda viu deixa da vida muito de bem

    olá por que a menina doenca como fazer quee tú sabe que coisa médico me é a com sabia que a mulher dois esta coisa algum e a sempre se por que a pessoa muito de dificil como de vida que bom …

    • Olá Fabiana, muito obrigado pelo comentário, sempre estou atento às questões de acessibilidade para a comunidade surda. Beijos!

  22. NOSSA Q MATÉRIA ESPETACULAR…
    MTO INTERESSANTE.
    deve ser dificil viver assim,

    Só um aviso! o blog de psicologia antigo saiu do ar devido aos muitos acessos simultaneos, entao, estou aqui pra te avisar do novo blog: ==> http://psicologiaparatodos.orgfree.com/blogpsicologia

    não esqueça de visitar! Pode esquecer o outro endereço!

    Abraços!!!

    biel

    • Não sei se a gente pode chamar de difícil, mas é diferente com certeza. No meu caso por exemplo, minha vida melhorou muito após adquirir a deficiência.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: