Publicado por: Ricardo Shimosakai | 17/12/2011

Governo lança Viver sem Limite – Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência


Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência prevê investimentos federais de R$ 7,6 bilhões até 2014 para ações de educação, saúde, inclusão social e acessibilidade

No lançamento do Viver sem Limite – Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência em novembro de 2011, a presidenta Dilma, ao lado da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman, da ministra da Secretária de Direitos Humanos, Maria do Rosário, e de outros ministros, anunciou também a criação da Secretaria Nacional de Acessibilidade e Programa Urbanos, no Ministério das Cidades.

No discurso, Dilma ressaltou a importância da autonomia na vida das pessoas com deficiências e defendeu que todos os brasileiros tenham condições de desenvolver todas as suas potencialidades. “Estamos aqui para celebrar a coragem de viver sem limites. É incrível a força que há nas pessoas para vencer desafios e superar limites. São brasileiros que podem realizar plenamente seus sonhos individuais, mas podem e devem ajudar a concretizar o nosso sonho coletivo”, disse.

Por meio de ações estratégicas em educação, saúde, inclusão social e acessibilidade, o Plano tem como objetivo promover a cidadania e fortalecimento da participação da pessoa com deficiência na sociedade, promovendo sua autonomia, eliminando barreiras e permitindo o acesso e o usufruto, em bases iguais, aos bens e serviços disponíveis à população.

O Viver sem Limite tem metas para serem implantadas até 2014 com previsão orçamentária de R$ 7,6 bilhões. As ações previstas serão executadas em conjunto por 15 órgãos do governo federal, sob a coordenação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). Dados do Instituto Brasileiro de Estatísticas e Geografia (IBGE) de 2010 apontam que 23,91% da população brasileira possuem algum tipo de deficiência, totalizando aproximadamente 45,6 milhões de pessoas.

Segundo a ministra Maria do Rosário, o Viver Sem Limite articula e organiza ações já desenvolvidas no âmbito do governo federal, que foram aprimoradas e fortalecidas para eliminar barreiras e permitir o acesso da população com deficiência a bens e serviços. “É o reconhecimento da responsabilidade do Estado brasileiro, uma responsabilidade irrenunciável”.

Educação – O Plano prevê transporte escolar acessível, que viabilizará o acesso dos alunos com deficiência às instituições de ensino; a adequação arquitetônica de escolas públicas e instituições federais de ensino superior, dotando-as de condições adequadas de acessibilidade; implantação de novas salas de recursos multifuncionais e a atualização das já existentes; e a oferta de até 150 mil vagas para pessoas com deficiência em cursos federais de formação profissional e tecnológica. Neste eixo, serão investidos, até 2014, R$ 1,8 bilhão.

Saúde – Será investido R$ 1,4 bilhão para ampliação das ações de prevenção às deficiências, criação de um sistema nacional para o monitoramento e a busca ativa da triagem neonatal, com um maior número de exames no Teste do Pezinho. Haverá ainda expressivo fortalecimento das ações de habilitação e reabilitação, atendimento odontológico, ampliação das redes de produção e acesso a órtese e prótese. Também terá reforço de ações clínicas e terapêuticas, com a elaboração e publicação de protocolos e diretrizes de várias patologias associadas à deficiência.

Inclusão Social – Centros de Referência serão implantados com a finalidade de oferecer apoio para as pessoas com deficiência em situação de risco, como extrema pobreza, abandono e isolamento social. A previsão é R$ 72,2 milhões.

Acessibilidade – Este eixo prevê ações conjuntas entre a União, Estados e Municípios, com investimento estimado de R$ 4,1 bilhões. O Programa Minha Casa Minha Vida 2, por exemplo, terá 100% das unidades projetadas com possibilidade de adaptação, ou seja, um milhão e 200 mil moradias que podem ser habitadas por pessoas com deficiência.

Também serão criados cinco centros tecnológicos para a formação, em nível técnico, de treinadores e instrutores de cães-guias em todas as regiões do País. Ações de mobilidade urbana do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e da Copa de 2014 cumprirão os requisitos de acessibilidade, totalizando investimento federal de R$ 30 bilhões.

Clique a seguir para visualizar a apresentação do plano viver sem limite

Fonte: Casa Civil

Anúncios

Responses

  1. […] Apesar disso, existe o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que prevê investimentos federais de R$ 7,6 bilhões até 2014 para ações de educação, saúde, inclusão social e acessibilidade. Governo lança Viver sem Limite – Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência […]

  2. Quando se fala em gastar bilhões todo mundo se mexe na cadeira. Essa turma adora essa expressão “gastar bilhões”. O problema está nos servidores públicos e prestadores dos servições relativos.
    Os executores não executam e os servidores, que nem sabem do que se trata, não fiscalizam. Conforme está ocorrendo na obra da Transoeste e Transolímpica aqui no Recreio dos Bandeirantes, onde rampas para travessia de cadeirantes são construídas de um só lado da pista. Mesmo que você reclame com o Engenheiro da obra, ele faz cara de pouco caso e não manda corrigir o serviço.
    Ou seja: Não adianta injetar bilhões na mão dessa gente. Sem campanha educativa ETERNA nada vai mudar no nosso país.

    • Disponibilizar verba na mão de quem não sabe como aplicá-la corretamente, é como colocar gasolina no carro de quem não sabe dirigir. É preciso chamar profissionais que realmente entendam do assunto. Um exemplo é o projeto de Socorro. Insatisfatório para quem conhece realmente, e apesar da liberação de verbas, a máfia desse órgão não admite boas idéias de terceiros

  3. Que este projeto ” VIVER SEM LIMITES” , relmente venha se cumprir até 2014

    • O Governo precisa aprender a incorporar a acessibilidade e inclusão em seu planejamento, para que no futuro não precise ficar liberando verbas para ações específicas, pois elas já estariam incorporadas na concepção do projeto


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: