Publicado por: Ricardo Shimosakai | 04/07/2014

Dispositivos App promove turismo inclusivo nas Caldas da Rainha


As informações do ‘City Guide’ podem ser lidas ou ouvidas, facilitando a utilização por invisuaisAs informações do ‘City Guide’ podem ser lidas ou ouvidas, facilitando a utilização por invisuais

A Câmara das Caldas da Rainha lançou uma aplicação informática para ‘iphone’ e ‘android’ que promove o turismo inclusivo, estando já preparada para utilizadores invisuais e que até ao final do ano será complementada com linguagem gestual.

A aplicação, denominada ‘City Guide’ (guia da cidade), foi criada com o objetivo de “disponibilizar aos turistas percursos e informações sobre os eventos e pontos de interesse do concelho”, tendo, segundo o vice-presidente da câmara, Hugo Oliveira, “uma importante componente inclusiva”.

O ‘City Guide’, que pode ser descarregado gratuitamente “nos hotéis e locais com ‘wi-fi’, permite o acesso a um mapa interativo da cidade, que “avisa o utilizador dos pontos de interesse e disponibiliza informação sobre os mesmos”, com a particularidade de a mesma poder ser lida ou ouvida, “facilitando a utilização por invisuais”, explicou à Lusa o responsável pela aplicação, Pedro Manuel.

O guia disponibiliza ainda três percursos turísticos (Descoberta, Arte Nova e Água) e uma “agenda viva” onde as juntas de freguesia, museus, associações e entidades que promovem eventos no concelho “são convidadas a divulgar as suas iniciativas, mantendo a plataforma em constante atualização”, explicou o mesmo responsável.

Para além de fornecer informações úteis (como números de telefone e localização de diversos serviços), a plataforma pode também “guiar as pessoas até ao ponto onde se pretendem deslocar, usando um sistema de GPS que dá indicações sobre o percurso a seguir e, assinalando, ao longo do mesmo, os pontos de interesse”.

Disponível para já em português e inglês, a aplicação será até ao final do ano atualizada com novas línguas como o castelhano, francês, japonês e mandarim, com novos percursos temáticos (tanto na cidade como nas freguesias rurais) e com funcionalidades que possibilitarão “saber mais sobre as obras expostas nos museus ou sobre o comércio local que pretenda introduzir informações sobre produtos e horários”, informou Hugo Oliveira.

Os utilizadores podem ainda receber notificações automáticas sobre novos percursos e eventos e dar sugestões numa “caixa” on-line própria para o efeito.

O ‘City Guide’ foi desenvolvido pela BitCliq, uma ‘sart-up’ sediada nas Caldas da Rainha, vocacionada para a criação de soluções tecnológicas.

A aplicação teve um custo de 15 mil euros e é um dos projetos desenvolvidos no âmbito do Plano Local e Municipal de Promoção da Acessibilidade, cuja candidatura, no valor de 50 mil euros, foi aprovada pelo Programa Rampa (Regime de Apoio aos Municípios para a Acessibilidade).

Fonte: Notícias ao Minuto


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: