Publicado por: Ricardo Shimosakai | 02/04/2011

Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. Light It UpBlue!


Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo foi instituído pela ONU em dezembro de 2007, que definiu a data de 2 de abril como marco da mobilização mundial para mostrar que há pessoas um pouco diferentes das outras, mas que, na sua essência, são tão humanas quanto todos. Autismo é uma palavra desconhecida para muitos. Dessa forma o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo busca esclarecer o que vem a ser o Autismo e disseminar informações sobre a importância do diagnóstico e da intervenção precoce.

Na noite de 1º de abril, o prédio Empire State em Nova York estará acesso com luzes azuis, em conscientização sobre o dia do Autismo em 2 de abril. Estão repassando a campanha no resto do mundo para que todas as pessoas possam acender uma luz azul em suas casas. Outros prédios por todo o país e o resto do mundo estarão acendendo luzes azuis. Coisas que você pode fazer para ajudar na conscientização do autismo:

1 – Usar o pin azul com o desenho de uma peça de quebra cabeça durante todo o mês de abril e quando as pessoas perguntarem você pode falar sobre o autismo e o porque de você estar vestindo;

2- Mudar as fotos do orkut e perfil no twitter ou facebook com a peça azul do quebra  ou com o logo da campanha light it up: Blue e repassar para 10 amigos;

3- Digitar todos os seus emails em AZUL  e colocar o logo Light It Up Blue na assinatura durante todo o mês de abril;

4- No dia 2 de abril vestir uma peça de roupa azul, camiseta ou calça e pedir pra seus amigos, familiares ou colegas de trabalho para vestirem também, tirar fotos e repassá-las. Publicar em flickr, orkut, twitter, facebook;

5- Cozinhar um bolo com o desenho da peça de quebra-cabeça Azul, de preferência todo em azul e levar pra escola, pro trabalho e dividir com seus amigos explicando o porquê;

6- Avisar aos responsáveis de igrejas, congregações para que falem do dia em seus Cultos, Missas e Celebrações, etc.

Existem várias maneiras de participar. Divulgue e ajude essa causa tão importante. Autistas são pessoas antes de tudo, e tendo uma atenção adequada, também podem participar de atividades de turismo.

Quando Victoria Berrey fez um cruzeiro com sua mãe e sua irmã há três anos, voltou para casa em Santa Clarita, Califórnia, com apenas um arrependimento: ela nunca havia conseguido fazer uma viagem dessas com seus filhos, ambos autistas. “Eu me preocupava com o espaço confinado e com a necessidade de eles ficarem quietos no restaurante”, diz Berrey, cujo filho mais velho, Miles, de 12 anos, está numa dieta restrita, e cujo filho mais novo, Mathew, 8, tem dificuldades com qualquer mudança de rotina. “Para onde eu levaria Mathew se algo acontecesse e ele começasse a gritar? E se algum deles caísse no mar?”

Mas em março, Berrey e seus filhos fizeram um cruzeiro de três dias num navio de cruzeiro adaptado especialmente para pessoas com autismo. No embarque, as 11 famílias que haviam reservado o pacote “Autismo no Mar” pela agência Alumni Cruises não precisaram esperar em fila, e puderam responder à chamada de embarque numa sala de conferências privada, e não no porto – em meio a uma multidão de milhares de outros passageiros.

O grupo ficava junto durante as refeições; assim, quando uma das crianças ficava nervosa ou soltava um grito, não havia olhares de reprovação ou sermões no estilo “por que você não controla seu filho?”. Berrey pôde até mesmo deixar seus filhos na área infantil, com uma equipe especialmente preparada. “Tive a experiência que os outros pais têm o tempo todo”, disse.

Fonte: Mundo Asperger


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: